terça-feira, 22 de abril de 2008

O Fantasma da Ópera(2005)



Filme: "O Fantasma da Ópera", cores, 143 min.
Por: Joel Schumacher
M/12

A música, a história... Tudo é simplesmante espantoso e incrivelmente bem feito. Andrew Lloyd Webber é um génio da música. Foi apartir deste filme que o conheci e tive conhecimento das suas outros musicais como o "Jesus Christ Superstar".
Este filme não é um filme como os outros. Este diz-me algo, como no "Labirinto Do Fauno". Simplesmento glorifico-o.
Tudo começou com a "Sic". No Inverno de 2004 apareciam cenas deste filme e dizia brevemente. O que é que isto queria dizer? Ao saber que aquilo era um filme, decidi imediatamente vê-lo. E uma noite fomos vê-lo. E fiquei assim possuído pelo filme. Não parava de falar nele.
A música é fantástica, a filmagem também(não foi ao acaso que nomearam para óscar*) e os fatos bastante bem feitos, mas o início foi o que me surpreendeu a reconstrução do passado...

Sinopse: Quando a diva temperamental La Carlotta abandona o ensaio da mais recente produção da companhia, os novos gerentes do teatro não têm outra escolha, se não colocar Christine sob a luz dos holofotes. Sua noite de estreia encanta o público e também o Fantasma, que se empenha em transformar a sua protégé na próxima estrela da ópera. Mas ele não é o único homem poderoso a ficar impressionado pela jovem soprano. Christine logo se vê cortejada pelo rico patrono do teatro, o Visconde Raoul de Chagny. Apesar de sentir-se enfeitiçada por seu carismático mentor, Christine fica inegavelmente atraída pelo elegante Raoul, provocando a ira do Fantasma e preparando o palco para um crescente dramático onde paixões arrojadas, ciúme violento e amor obsessivo ameaçam deixar os predestinados amantes "num ponto sem volta".

Classificação: 4 Estrelas Aconselho a ver

Nenhum comentário: